De repente, Califórnia (Lulu Santos)

“De repente, Califórnia” é uma música cujos autores são os brasileiros Lulu Santos e Nelson Motta. Ela foi lançada no primeiro LP de Lulu Santos, intitulado “Tempos Modernos”, no ano de 1982.

Não é de hoje que o estado da Califórnia, localizado na região dos estados do pacífico, no oeste dos Estados Unidos, tem sido a inspiração de muitos autores de música e outros entretenimentos como filmes. Isso se dá, principalmente, ao atrativo do lugar com um ambiente tropical e paradisíaco, sendo um convidativo para que as atenções de muitos estejam voltadas para lá, seja de forma física ou, simplesmente, através de uma letra de música.

Tocar “De repente, Califórnia” requer bastante treino e ensaio, pois não é muito fácil. Possui muitas variações dos acordes como acordes menores, sustenidos, aumentados, diminutos, invertidos, com sétima, com nona, entre outros. A música também possui solos e dedilhados que, para quem não tem ainda uma certa afinidade com o violão ou guitarra, se torna um pouco mais difícil de ser tocada. Para quem deseja se aventurar, recomendamos esta vídeo aula de violão, que é bastante didática.

A letra de “De repente, Califórnia” fala de uma pessoa que afirma a uma garota que vai para um lugar diferente com vento, ondas e sol, um lugar que é muito mais do que um sonho que, nesse caso, é o estado da Califórnia, nos Estados Unidos. A letra fala também que o protagonista pretende viver a vida sobre as ondas e/ou ser um artista de cinema, pois o seu destino é ser uma estrela.

Essa canção possui uma letra bem poética, com uma presença forte de itens da língua portuguesa como a figura de linguagem chamada prosopopeia, que consiste em dar vida a seres inanimados. Essa característica é identificada nas frases: “o vento beija meus cabelos”, “as ondas lambem minhas pernas”, “o sol abraça o meu corpo”, “meu coração canta feliz”.