Going to California (Led Zeppelin)

“Going to California” é a sétima faixa do quarto álbum, o Led Zeppelin IV, lançado em 1971 pela banda de rock britânica Led Zeppelin, que a consagrou no cenário da música mundial se tornando um dos álbuns mais vendidos da história do rock. Esse grupo foi formado em Londres, em setembro de 1968, pelo vocalista Robert Plant, o baterista John Paul, o guitarrista Jimmy Page e o baixista John Bonham.

A música foi composta por pelos integrantes da banda Jimmy Page e Robert Plant. Ela foi regravada por outros artistas como Amy Lee, cantora, compositora e musicista americana e vocalista da banda de metal Evanescence, além da banda brasileira paulista de rock, a Desert Dance.

“Going to California” traduzida para o português significa “Indo para Califórnia”. A letra em si é centrada na busca de um homem por uma linda e incomparável mulher. Além disso, retrata alguns desastres naturais como terremotos.

A canção começa com a insatisfação da figura masculina por causa de uma mulher que ele a chama de indelicada, retratada dos versos “Gastei meus dias com uma mulher indelicada” e “Fumei meus bagulhos e bebi todo meu vinho”. Por causa dessa frustação o personagem resolve recomeçar a vida indo para a Califórnia, mesmo com o coração partido, pois lá existia uma garota florida e cheia de amor. Essa afirmação é retratada no trecho “Decidi fazer um novo começo indo para a Califórnia com uma dor no meu coração” e na frase “Alguém me disse que há uma garota por lá” e “Com amor em seus olhos e flores em seu cabelo”.

A situação de um terremoto que os autores citam nos versos “Arrisquei minhas chances em um grande avião a jato” e “As montanhas e os canyons começaram a tremer e sacudir”, foi realmente vivida por Jimmy Page e Robert Plant durante uma viagem de avião de para a Califórnia onde, no momento do pouso, ocorreu um terremoto que abalou as montanhas em San Diego, na Califórnia, e nos Canyons, no estado do Arizona, Estados unidos.

A música finaliza com o personagem afirmando que não é difícil realizar o desejo de encontrar essa mulher dos sonhos, retratado nos trechos “De pé em uma colina na minha montanha de sonhos, dizendo a mim mesmo que isso não é tão difícil, difícil, difícil quanto parece”.

Essa inspiração para compor a música Going to California veio de uma figura feminina, a cantora, artista plástica e poetisa canadense Joni Mitchell. Originalmente, a canção se chamava A Guide to California, inspirada na música California, de Joni Mitchell. Robert Plant e Jimmy Page eram muito fãns da cantora e, de vez em quando, prestigiavam seus shows, chegando a conhecê-la pessoalmente no início dos anos 70. A música é um prestígio e uma homenagem devotada à cantora canadense, observada nas frases “Encontrar uma rainha sem um rei” e “Dizem que ela toca violão e chora e canta la la la”. Segundo declaração de Robert Plant, “quando você se apaixona por Joni Mitchell você realmente precisa escrever sobre ela”.

Musicalmente falando, “Going to California” é uma canção inspirada no folk rock, um tipo de gênero musical que une elementos de música folclórica e do rock. Ela é tocada com um bandolim e uma guitarra ou violão. Tecnicamente, não é cheia de acordes difíceis, porém, é cheia de solos. Além disso, como é dedilhada do início ao fim, os musicistas precisam saber dedilhar para tocá-la em seu formato original.

“Going to California” sempre foi uma das músicas preferidas pelos fãns de Led Zeppelin e uma das mais tocadas pelo grupo em diversas apresentações e turnês pelo mundo.

2 Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *